Call Of Duty: Advanced Warfare

Este ano os estúdios Sledgehammer parecem querer mudar o rumo que a série Call Of Duty tem seguido nos últimos anos. Apostando num ambiente mais futurista, Advanced Warfare parece competir directamente com dois shooters lançados este ano, Destiny e Titanfall, que também transportam o jogador para o futuro. Podem por isso contar com diversos equipamentos diferentes do habitual, que mudarão por completo a forma de jogar Call Of Duty.

A diferença (ou semelhança) começa logo no modo de campanha single-player. Em Advanced Warfare há apenas uma personagem principal ao longo de toda a história. Desta forma, o enredo torna-se mais apelativo e envolvente. Claro que ter o ator Kevin Spacey, a dar vida a uma das personagens mais relevantes, eleva todo o guião e agarra-nos à acção sempre que este entra em cena.

De volta ao futuro, em Advanced Warfare terão um exo-suit que podem melhorar e desbloquear novas capacidades, as quais mudarão por completo a forma como se percorre os diversos mapas do jogo. Uma das capacidades do exo-suit que mais influenciará a jogabilidade é a de dar um pequeno impulso em qualquer direcção. Quando combinado com um salto, este impulso leva-nos a zonas quase inacessíveis e torna as movimentações muito mais rápidas. Além disto, terão ainda um gancho (ao estilo do jogos da série Batman) que vos levará a qualquer ponto quase instantaneamente, o que dá jeito principalmente em deslocações verticais.

Em termos de multiplayer, Advanced Warfare perde as Spec-Ops, mas introduz um modo Survival em co-op para 4 jogadores, que é capaz de nos manter várias horas em acção. Também é novidade o modo Uplink, parecido com o jogo da batata quente, mas em vez de da batata temos um dispositivo nas mãos. Todo o multiplayer está mais rápido e interessante, com as deslocações via gancho ou através de grandes saltos a influenciarem por completo aquela que era uma jogabilidade já cimentada na série.

Em suma, Advanced Warfare é a resposta da Sledgehammer às exigências dos jogadores, para evoluir e introduzir algumas novidades frescas. Para fãs e não só, este é um Call Of Duty sólido e aconselhado.

Sobre Gonçalo Morais
Gonçalo Morais
Apresentador e actor; músico e DJ; as suas performances desviam-se da formação académica em cardiopneumologia... ou não!
Artigos de Gonçalo Morais
Nenhum comentário

Deixar uma resposta