Football Manager 2014

Football Manager (“FM” para os amigos) está de volta para nos acompanhar ao longo de mais uma época futebolística e trás consigo uma versão melhorada do seu antecessor, oferecendo algumas afinações relevantes nos seus vários modos de jogo.

À semelhança dos anos anteriores, o modo principal de Football Manager permite-nos tomar conta de qualquer clube através de um sistema em tudo igual ao seu antecessor, mas que oferece uma interface mais apelativa e uma mecânica simplificada. Saltando varias passos, desta vez, recorrendo a um pequeno click, podemos ir directamente ao cerne da questão, quer se trate da negociação de novos contratos, planeamento das sessões de treino ou de reuniões com a direcção.

O sistema de transferências e negociação de novos contratos sofreram pequenas alterações, sendo agora mais realistas e dependentes da influência desempenhada pelos agentes desportivos. A introdução dos fundos de investimento de futebol é uma novidade bem conseguida e muda efectivamente a forma como compramos e vendemos jogadores.

Todas as nossas interacções têm mais impacto e as nossas respostas para a comunicação social podem alterar a moral dos jogadores, afectando de forma positiva ou negativa a nossa própria equipa ou os adversários. O sistema táctico também sofreu alterações e está mais simples. Os ajustes têm agora maior influência no estilo de jogo, permitindo-nos alterar todos os seus aspectos tanto em equipa como individualmente.

A inteligência artificial sofreu também um upgrade muito bem-vindo, fazendo com que qualquer hesitação possa custar-nos mais facilmente a vitória. O adversário responde de forma mais eficaz ao desenrolar do jogo e é capaz de explorar melhor as nossas fragilidades e as alterações a meio do jogo, tornando a experiência mais desafiante e realista.

O motor de jogo sofreu também pequenas alterações, visíveis sobretudo através de melhoramentos introduzidos na iluminação e nos modelos dos jogadores. Neste campo, há somente a apontar algumas animações menos conseguidas nos carrinhos e movimentações dos jogadores.

Outro dos pontos altos deste título é o regresso do Classic Mode. Indicado para aqueles que têm menos tempo para mergulhar na complexidade de Football Manager, o Classic Mode dá menos enfoque às estatísticas, reuniões e conversas de equipa, oferecendo menos informações e um design mais simples, onde conta sobretudo a táctica usada para liderar a nossa equipa.

Em suma, apesar de introduzir mudanças subtis, FM 2014 é um jogo sólido e capaz de manter os fãs do género agarrados ao ecrã durante mais um ano. A introdução de melhoramentos ao nível do interface e de opções de negociação foram cirurgicamente aplicadas e contribuem para oferecer uma experiência mais realista e agradável, fazendo com que este título continue a ser o rei ao nível da gestão futebolística.

Football Manager 2014 está disponível para PC e Mac.

Sobre Pedro Arede
Pedro Arede
É um entusiasta das novas tendências da tecnologia multimédia, com destaque para o mundo dos gadgets e videojogos. Licenciado em Jornalismo, partilha esta paixão com a do desporto, como atleta de alta competição na modalidade de esgrima.
Artigos de Pedro Arede
Nenhum comentário

Deixar uma resposta