Greedy Guns com campanha no Kickstarter

A produtora portuguesa Tio Atum tem divulgado em força o seu jogo Greedy Guns. Já me cruzei com ele na Lisboa Games Week (Lisboa, 2014), com uma versão Beta (por meados de 2015) e agora uma demo no Steam. Aposto até que o jogo não será uma verdadeira novidade para muitos dos seus futuros compradores, pois já o terão experimentado nestas acções de demonstração. E ainda bem! É com orgulho que pego no comando para mais uma tentativa neste platform-shooter 2D português, carregado de acção, visuais cuidados e música adequada.

As inspirações e referências aos jogos mais antigos não são segredo. Aliás, a própria produtora define Greedy Guns como um metroidvania shooter inspirado por jogos como Metal Slug, Castlevania e Gunstar Heroes.

A título de review à versão de demonstração que foi disponibilizada pela Tio Atum, destaca-se de imediato o controlo complexo e bem desenhado. É necessária uma boa coordenação entre polegares, já que um move a personagem no mapa e o outro trata da mira a 360º. Mesmo com rato e teclado, o frenesim é imenso, se bem que um pouco mais fácil. Tem uma curva de aprendizagem exigente, mas ao atingir a habituação, o desafio torna-se viciante.

Nota alta também para os requisitos de hardware: fiz o teste numa máquina com alguns anos (processador de dois núcleos a 3.0GHz e uma gráfica ATI Radeon 3600) e o jogo correu com fluidez, mesmo com os visuais puxados ao máximo.

O Greedy Guns tem publicação agendada em PC, Mac e Linux para o final de 2016, com promessa de lançamento para as grandes consolas de seguida.

Por agora, é tempo de apoiar o projecto no Kickstarter: http://kickstarter.com/projects/339204957/greedy-guns-a-metroidvania-inspired-by-metal-slug

Sobre Daniel Marinho
Daniel Marinho
Fundador da "Multimédia com Todos"; formado em comunicação social e multimédia; fanático da interactividade digital, dos videojogos e da fotografia.
Artigos de Daniel Marinho
Nenhum comentário

Deixar uma resposta