NBA 2K14 (PS3/Xbox360)

Nós por cá, temos mais a mania do futebol do que basquetebol. A guerra entre os dois grandes títulos é expressiva em números de vendas e opiniões populares. Reunir amigos em casa para um desafio raramente foge à regra de uma jogatana de futebol. Mas a elite fanática do desporto de origens americanas tem agora um bom motivo para fazer frente aos amigos.

A série NBA da 2K é talvez o grande motivo pela qual a Electronic Arts não lance um jogo de basquetebol há quatro anos. NBA 2K14, disponível para PlayStation3, Xbox 360 e PC, está recheado de motivos para nos colar ao sofá durante várias horas. Logo a abrir o jogo, o tratamento visual é fantástico. Muito fluido, tempos de loading curtos, com informação essencial sem roubar a atenção à acção, boas animações e cenários intensos.

Existem poucas equipas à disposição do jogador. Bom, menos do que aquelas a que nos habituámos com outros títulos de topo, que nos oferecem centenas de ítems para escolha.Para além das equipas actuais da liga americana, também estão presentes várias equipas clássicas, como os Bulls de Jordan ou os Magic de O’Neal, e ainda algumas equipas europeias de destaque. Mas aqui, a menor quantidade tem muitas vantagens. Os comentários áudio durante o jogo são ricos e certeiros, com os nomes de todos os jogadores e vários dados sobre o seu estilo, pontuações e histórico de carreira. Cada jogador tem movimentos, reacções e animações próprias, para além das tatuagens bem visíveis, o que cria larga distinção em campo.

Já referi os imperceptíveis tempos de loading? Na versão da PlayStation 3 estão lá, embora não chateiem nada, mas na versão XBox360 são quase inexistentes (foram testadas estas duas versões). A partir de um menu principal pouco intuitivo, bastam dois cliques para ver as animações de entrada do jogo, cheias de dados sobre as equipas e jogadores, num estilo comparável a uma emissão da ESPN ou da NBA.TV. Quem tem um Kinect, também pode configurar o acessório para comandos de voz e ordenar movimentações dos elementos da equipa controlados pela consola.

Em campo, a jogabilidade exige alguma aprendizagem e também algum conhecimento do desporto e das suas regras. Depois de três jogos de treino, lá começamos a soltar o Jordan que há em nós, para aguentar desafios rápidos e intensos. Não é um jogo fácil, mas traz muita diversão, principalmente com alguém no outro comando. Para além dos jogos isolados, existem modos de jogo carreira, onde criamos um jogador do zero, e também o modo LeBron James, onde vivemos a experiência de jogo segundo os passos do famoso extremo dos Miami Heat.

Resumindo, NBA 2K14 é um excelente agregador de malta, de imagem cuidada e atraente, muito divertido e desafiante. É um bom escape aos jogos de futebol, mesmo para quem, como nós, não segue com atenção as jornadas da NBA.

Sobre Daniel Marinho
Daniel Marinho
Fundador da "Multimédia com Todos"; formado em comunicação social e multimédia; fanático da interactividade digital, dos videojogos e da fotografia.
Artigos de Daniel Marinho
Nenhum comentário

Deixar uma resposta