Samsung Galaxy S4 em análise
5-8-2013

O Samsung Galaxy S4 chegou com pompa e circunstância. O sucessor do bem sucedido Galaxy S3 teve direito a “honras de estado” em Março, quando foi apresentado em plena Times Square, apregoando ter uma capacidade de processamento sem igual e um conjunto de funcionalidades únicas.

Mas estará o sucessor do “rei” Samsung Galaxy S3, preparado para continuar o seu legado?

Apostando, precisamente, na continuidade, a Samsung dotou o seu novo topo de gama, sensivelmente com o mesmo aspecto do Galaxy S3, juntando-lhe um ecrã maior (cinco polegadas) e uma imensidão de novas funcionalidades assentes, sobretudo, em vários sensores.

Em termos de características técnicas, o Samsung Galaxy S4 vem equipado com o sistema operativo Android 4.2.2, ecrã de cinco polegadas com resolução Full HD processador de quatro núcleos a 1.9GHz, bateria de 2600 mAh, câmara traseira de 13 MP, câmara dianteira de 2MP, 4G LTE, 2GB de RAM, 16GB de memória interna e suporte para cartões microSD até 64GB.

Em termos de design, o Galaxy S4 apresenta algumas modificações que, embora não o distanciem do padrão visual da linha Galaxy, lhe conferem um aspecto um pouco mais premium relativamente ao seu antecessor. No entanto, apesar de continuar a apresentar uma leveza e espessura impressionantes e uma nova faixa cromada em volta do dispositivo, na mão, o Galaxy S4 continua pouco convincente e longe da robustez e do “feeling” de qualidade de construcção oferecida, por exemplo, pelo alumínio do HTC One ou do iPhone 5.

Apesar de apresentar um ecrã de cinco polegadas, o Samsung Galaxy S4 manteve as dimensões do seu antecessor, graças à redução da espessura da moldura que envolve o seu ecrã, ganhando aqui algum espaço de manobra para evoluir o seu ecrã.

O ecrã Full HD Super Amoled do Samsung Galaxy S4 é um esplendor a todos os níveis e dificilmente temos vontade de desviar o nosso olhar da resolução oferecida pelos dos seus 441 dpi (e mesmo assim ele saberá quando o fizermos). De facto, o ecrã deste smartphone é do melhor que há, oferecendo uma excelente experiência de imagem, com cores vivas e brilhantes, sendo perfeito para navegar confortavelmente na web, assistir a vídeos e jogar.

A performance do Galaxy S4 é também um dos pontos altos deste smartphone, provando que, para além de ser capaz de oferecer uma performance impressionante e sem soluços, não dá mostras de falhar em nenhuma situação, mesmo quando estamos a utilizar várias aplicações ao mesmo tempo ou a correr jogos graficamente exigentes.

Em termos fotográficos, o Galaxy S4 também não desilude, sendo que a sua câmara de 13 MP oferece resultados de altíssima qualidade, a capacidade de funcionamento simultâneo de ambas as câmaras e novos modos de operação da aplicação Câmara que permitem explorar todo o seu potencial e obter fotografias bastante interessantes.

A este conjunto de funcionalidades, a Samsung juntou ainda vários sensores e funcionalidades que embora inovadoras, podem ser questionáveis quanto à sua utilidade. Ao juntar a este smartphone vários sensores de proximidade por infravermelhos, temperatura, humidade, luminosidade e pressão atmosférica, com o Samsung Galaxy S4 o utilizador é capaz de correr aplicações em conjunto com outros dispositivos (Group Play), pausar o que está a fazer quando desvia o seu olhar (Samsung Smart Pause), percorrer páginas sem tocar no ecrã (Samsung Smart Scroll), controlar o que está a fazer sem tocar com a mão (Air Gesture) e pré-visualizar conteúdos ao aproximar o dedo do ecrã (Air View).

Em suma, com todo o seu esplendor e poder, se por um lado o Samsung Galaxy S4 é um smartphone de sonho e “inigualável” em termos técnicos, revelou também pouco arrojo por parte da marca coreana, ao ter apostado num design pouco relevante e, de certa forma, num conjunto de funcionalidades que, em termos práticos, demonstraram ser mais uma demonstração de poder do que , efectivamente, revolucionárias formas de utilizar o smartphone.

Contudo, embora seja notória a falta de introdução de novidades de fundo e uma maior personalização do sistema operativo Android, o sucessor do Samsung Galaxy S3 é um dispositivo impressionante e, inegavelmente, um dos melhores smartphones do mercado, assumindo-se como uma compra segura para quem procura integrar o melhor que a tecnologia tem para oferecer num dispositivo operado pelo sistema operativo da Google.

O Samsung Galaxy S4 encontra-se à venda por 799 euros na sua versão livre de operador e por 649 euros quando associado a uma das três operadoras móveis nacionais.

É um entusiasta das novas tendências da tecnologia multimédia, com destaque para o mundo dos gadgets e videojogos. Licenciado em Jornalismo, partilha esta paixão com a do desporto, sendo também atleta de alta competição na modalidade de esgrima.
Pesquisa de Notícias
Pesquisar
Categoria
Tipo de Conteúdo
Artigo
Vídeo
Galeria de Fotos
Redes Sociais
Visite-nos também nas suas Redes Sociais favoritas.
 
Copyright © 2012 Multimédia com Todos. All rights reserved. Todos os direitos reservados.
Powered by Webbase